• MANX Hyd.

Por que vazamentos de ar comprimido podem ser mais caros do que vazamentos de óleo hidráulico


To visualize the english version, please check the source link at the end of the page

Uma das vantagens que a pneumática tem sobre a hidráulica é ser um sistema limpo. Os vazamentos de ar são muito mais fáceis de ignorar do que os vazamentos de óleo, porque eles não chamam a atenção para si mesmos da mesma maneira. Você não precisa se preocupar com os custos de limpeza e descarte. A entrada de contaminantes é possível, mas geralmente não é uma preocupação importante. E, a menos que o vazamento seja significativo, a segurança também não é um grande problema. Então isso deixa o problema sendo o reabastecimento de ar.


Enquanto o ar livre é grátis, o ar comprimido limpo e seco não é. Ao considerar o custo do ar de reposição para um sistema pneumático, é necessário considerar o seguinte:

- Depreciação (desgaste) do compressor;

- Custos de condicionamento - filtração, secagem e lubrificação; e

- Custo de energia de compressão.



A taxa ideal de vazamento é obviamente zero, mas ao calcular o fornecimento de ar livre exigido por um sistema pneumático, uma regra prática é permitir vazamentos de 10% da vazão total. Considere um sistema de 10 metros cúbicos / minuto com vazamento de um metro cúbico / minuto. A potência necessária para comprimir um metro cúbico (35,3 pés cúbicos) de ar por minuto a uma pressão de 6 bar (90 PSI) é de aproximadamente 5,2 kW. Com um custo de eletricidade de US$ 0,10 / kWh, esse vazamento custa mais de 50 centavos de dólar por hora apenas no consumo de eletricidade. Em uma operação 24/7/365, isso equivale a US $ 4.500 por ano!


Calculando o custo

Enquanto uma taxa de vazamento de 10% da vazão pode parecer alta e seria insustentável em um sistema hidráulico, taxas de vazamento de ar de até 25% são conhecidas - mesmo em sistemas pneumáticos aparentemente bem mantidos. A taxa de vazamento real de um sistema pode ser calculada usando a seguinte fórmula:

QV = QC * t / (T + t)

Onde:

QL = Taxa de vazamento do sistema (metros cúbicos / minuto)

QC = FAD do compressor (metros cúbicos / minuto)

T = Tempo de vazamento - tempo entre o corte e a entrada do compressor (minutos)

t = Tempo de carregamento - tempo entre a entrada e saída do compressor (minutos)

Nota: esta fórmula pressupõe que todo o consumo do sistema seja suspenso enquanto o teste de vazamento é realizado.


Conclusão

Conforme demonstrado no exemplo acima, o custo anual de vazamentos de ar em sistemas pneumáticos pode ser significativo - apenas no consumo de energia. Portanto, realize testes regulares de vazamento em seus sistemas pneumáticos e tome as medidas necessárias para localizar e corrigir vazamentos, conforme necessário.


Source: https://www.hydraulicsupermarket.com/blog/all/why-compressed-air-leaks-can-be-more-costly-than-hydraulic-oil-leaks/

9 visualizações

© 2019 por MANX Hydraulics.