• MANX Hyd.

Preparando o comissionamento de sistemas hidráulicos - pt.1

Equipamentos hidráulicos não são como geladeiras ou microondas, onde é só ‘plugar na tomada e funcionar’, e procedimentos de inicialização devem ser tomados.


Todos que trabalham com reparos hidráulicos sabem que é preciso seguir os procedimentos adequados ao reinstalar os sistemas hidráulicos, após realizar o trabalho de manutenção, e que esta é uma raiz significativa de dores de cabeça em equipamentos hidráulicos.


O comissionamento incorreto durante a inicialização pode resultar em danos aos componentes hidráulicos por cavitação, aeração e lubrificação inadequada. Em muitos casos, esse dano não aparecerá até que o componente falhe centenas ou mesmo milhares de horas de serviço após a falha do componente.


Um equívoco comum entre o pessoal de manutenção com treinamento limitado em hidráulica é que, como o óleo circula pelos componentes hidráulicos em operação, nenhuma atenção especial é necessária durante a instalação além de aparafusar o componente na posição e conectar suas mangueiras. Este não é o caso.


Danos aos componentes hidráulicos durante a inicialização podem ser evitados com desenvolvimento de procedimentos de comissionamento específicos para equipamentos. Treinar sua equipe de manutenção para realizar esses procedimentos com eficácia.


Dependendo do tipo de equipamento em operação, procedimentos detalhados de comissionamento podem ser disponibilizados pelo fabricante da máquina mediante solicitação. Se esta informação não estiver disponível para uma peça específica do equipamento, procedimentos apropriados devem ser desenvolvidos. Se necessário, consulte um engenheiro especializado em óleo-hidráulica para obter assistência. O procedimento genérico a seguir ilustra muitos dos problemas que devem ser considerados.



Pre-Start / Light F.A.T.


Se o sistema estiver inativo devido a uma falha importante de componente:


-Drene e limpe o reservatório para garantir que esteja livre de detritos metálicos e outras contaminações. Não fazer isso pode resultar em danos à (s) bomba (s) e / ou outros componentes na inicialização.

-Troque os filtros.

- Troque ou faça flushing no fluido hidráulico. Execute uma diálise de óleo, utilizando filtros adequados.

- Ao instalar bombas e motores, verifique o acoplamento de acionamento na bomba ou no eixo do motor. Acoplamentos de encaixe frouxo causam desgaste acelerado do eixo de transmissão e devem ser substituídos.

- Em sistemas de circuito fechado (transmissões hidrostáticas), inspecione as mangueiras ou tubos de alta pressão entre a bomba e o motor e substitua quaisquer linhas suspeitas. Uma mangueira ou tubo estourado em serviço pode resultar na destruição da bomba e / ou motor por cavitação.


Cilindros

- Antes de conectar as linhas de serviço, encha os cilindros com fluido hidráulico limpo através das portas de serviço. Isso reduz o risco de compressão de ar dentro do cilindro (dieseling) na inicialização, o que resultará em danos ao cilindro e às suas vedações.



Motores hidráulicos:

- Escorvar (preencher com óleo / priming) o dreno de carcaça dos motores do tipo pistão, com fluido hidráulico limpo através da porta de dreno da carcaça mais alta (posição mais alta), e conecte a linha de dreno da caixa. Não fazer isso resultará em danos ao motor devido à lubrificação inadequada na partida. As unidades que são montadas verticalmente com o eixo para cima requerem atenção especial para garantir que o nível de fluido na caixa seja alto o suficiente para lubrificar os rolamentos do eixo dianteiro.


Bombas

Depois de instalar a (s) bomba (s) e conectar as linhas de serviço:

- Abra a válvula de isolamento da linha de entrada no reservatório.

- Em bombas com uma entrada abaixo do nível do tanque (inundada), afrouxe cuidadosamente a conexão da linha de entrada na bomba para permitir que o ar preso escape. Isso garante que a linha de entrada esteja cheia de fluido. Esta etapa não é necessária com bombas do tipo pistão que possuem uma carcaça inundada.

- Em bombas do tipo pistão equipadas com uma linha de dreno de carcaça externa, encha a caixa da bomba com fluido hidráulico limpo através da porta de drenagem, no nível mais alto, e conecte a linha de dreno da carcaça. Não fazer isso resultará em danos à bomba devido à lubrificação inadequada na inicialização. As unidades que são montadas verticalmente com o eixo para cima requerem atenção especial para garantir que o nível de fluido na caixa seja alto o suficiente para lubrificar os rolamentos do eixo dianteiro.


Em bombas do tipo pistão com uma carcaça inundada, ou seja, quando a caixa da bomba e a entrada estão conectadas internamente e estão abaixo do nível do fluido do reservatório, afrouxe com cuidado o plugue superior da caixa da bomba para permitir que o ar preso escape. Isso garante que a caixa esteja cheia de fluido. Não fazer isso resultará em danos à bomba devido à lubrificação inadequada na inicialização.


Em bombas de circuito fechado (transmissões hidrostáticas), instale um manômetro de 0 a 900 PSI no circuito de carga - consulte as instruções do fabricante da máquina para orientação.


A Manx Hydraulics oferece serviços que vão desde a lista de materiais até o comissionamento, preparo de protocolos e procedimentos de manutenção. Conheça como a Manx pode ajudar em seus equipamentos.

contato@manx-hyd.com

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo