• MANX Hyd.

Segurança e os Acumuladores Hidráulicos

Acumuladores com pré-carga a gás são comuns em sistemas hidráulicos modernos. Desempenhando numerosas funções, que vão do armazenamento e reserva de energia hidráulica, compensação de fugas e térmicas, absorção de choques e recuperação de energia. Mas enquanto os acumuladores apresentam várias vantagens na operação do sistema hidráulico e podem fornecer muitos anos de serviço sem problemas, eles são um item que necessita manutenção - por exemplo, a pressão correta de pré-carga de gás deve ser mantida para o funcionamento adequado e a vida útil ideal. E a inspeção periódica, testes e certificação podem ser exigidos por lei, porque os acumuladores hidráulicos são considerados vasos de pressão.

Para termos uma perspectiva adequada sobre esta questão, um acumulador hidráulico deve ser comparado com um cilindro de gás. Se um cilindro de gás de alta pressão se rompe, a expansão repentina e explosiva do gás comprimido elimina qualquer coisa em seu caminho. A única diferença real entre bombear um acumulador com nitrogênio à qualquer outro tipo de cilindro de gás, é que em um acumulador o gás está contido dentro de uma bexiga, dentro do invólucro. E aqui mora o detalhe: não é a ruptura da bexiga que é perigosa, é a ruptura potencial do corpo externo / carcaça do acumulador que é extremamente perigosa. A bexiga simplesmente separa o gás do óleo. É o invólucro do acumulador que deve resistir à pressão de pré-carga do gás.

Considere, por exemplo, uma aplicação de armazenamento de um acumulador de 4 litros em que a pressão mínima do sistema requerida é de 242 bar ou 3500 psi. A pré-carga de gás para um acumulador em uma aplicação de armazenamento é tipicamente 90% da pressão de trabalho mínima exigida. Neste caso, isso equivale a 218 bar ou 3158 psi (note que esta é uma pressão mais alta do que muitos cilindros de gás contêm).

Mas nem todos os acumuladores tem construção igual, e assim o perigo potencial depende do volume do acumulador e sua pressão de pré-carga de gás. Em outras palavras, quanto maior o volume e a pressão de pré-carga do acumulador, mais se assemelha a um cilindro de gás de alta pressão. O que significa que, embora isso não aconteça com frequência, a falha do invólucro desse acumulador é potencialmente tão perigosa quanto um cilindro de gás rompido ou uma caldeira de vapor.

E é por isso que os acumuladores são fabricados, testados e certificados de acordo com os padrões legais. Todos os vasos de pressão fabricados para esses padrões e similares são considerados como tendo uma vida útil finita, dependendo do número de ciclos de pressão experimentados durante a operação normal. A vida útil típica de um acumulador hidráulico é de 12 anos.

Em muitas setores que utilizam hidráulica e acumuladores, a inspeção e a recertificação periódicas são obrigatórias. Isso se aplica particularmente a acumuladores hidráulicos que possuem volumes relativamente grandes e operam com altas pressões de trabalho. A inspeção pode ser necessária em intervalos pré-determinados, como a cada 2, 5 ou 10 anos, ou quando uma determinada porcentagem da vida útil projetada for considerada atingida.


Portanto, se você possui ou é responsável por uma máquina hidráulica que tenha um acumulador, não estar em dia com seus requisitos de manutenção e teste pode ser uma situação perigosa.





Cordialmente, Manx Hyd.

Artigo original de Brendan Casey: 'One Thing You MUST Know About Hydraulic Accumulators'

12 visualizações

© 2019 por MANX Hydraulics.