• MANX Hyd.

Guia rápido: válvulas Explosion Proof - pt.3

A legislação brasileira de áreas classificadas conta com algumas particularidades, que serão discutidas no texto de hoje.


Áreas classificadas são assim chamadas por apresentarem riscos de explosões em condições normais e/ou anormais de uso. O risco pode ser representado por gases ou poeiras combustíveis.


As partículas de poeira ou o gás sempre presente no ambiente de produção forma a chamada “atmosfera explosiva”, sendo necessário separar o local em zonas de periculosidade, variando de 0 a 2 para gases e 20 a 22 para poeiras, assunto que iremos abordar em breve.


Os materiais elétricos à serem utilizados nessa área precisam possuir propriedades ‘Ex’, sendo à prova de explosão, segurança aumentada ou outra proteção dentre as descritas na norma, dependendo da zona em que será alocado o equipamento.


Quais são as normas nacionais para áreas classificadas

A NBR define as diretrizes não apenas de áreas classificadas, mas também de todas as especificações dos equipamentos que serão usados nesta área. A norma ABNT NBR IEC 60079-0 define os requisitos gerais de instalações em atmosferas explosivas. A partir dela, diversas normas com o prefixo ABNT NRB IEC 60079 definem mais especificamente as características dos equipamentos que serão usados.


Estas normas estão em constante evolução para garantir a segurança no processo fabril, então é bom sempre ficar atento às suas atualizações pelo portal da ABNT.


As normas técnicas têm força obrigatória, mesmo não sendo especificamente uma lei. Isso ocorre porque o não cumprimento desta implica que a empresa está assumindo um risco que certamente irá gerar um resultado lesivo. O descumprimento traz consequências que vão de indenização até processo de homicídio culposo ou doloso, além de impedir o processo de exportação e ter grandes problemas com a fiscalização que não descansará enquanto não ver que seus colaboradores trabalham com devida segurança.


Zonas de periculosidade em atmosferas explosivas

Os locais com atmosferas explosivas são agrupados em zonas de periculosidade, que definem qual tipo de equipamento poderá ser utilizado. Isso significa que o tanto de proteção necessária para uma luminária que estará na área comum de um posto de gasolina será muito menor do que a presente ao lado de uma bomba de combustível, por exemplo.



Segundo a ABNT, podemos elencar da seguinte maneira:


- A separação destas zonas é feita por um profissional em classificação de área. Não existe um número exato, mas os valores mais comuns a serem considerados são:

- Zona 0/20: Atmosfera explosiva por mais de 1000h/ano;

- Zona 1/21: Atmosfera explosiva por mais de 10h/ano, porém menos que 1000h/ano;

- Zona 2/22: Atmosfera explosiva por menos de 10h/ano, porém necessita de atenção às fontes de ignição.


Classificação da Área

A classificação da área determina o tamanho do risco presente no ambiente. Este risco apresentado pode ser proveniente de gases, vapores, poeiras ou fibras explosivas.

As normas API (American Petroleum Institute) e NEC (National Electrical Code) separam em tabelas as classes e substâncias inflamáveis, codificando de acordo com suas características.


Aqui no Brasil, utilizamos a norma ABNT que segue a mesma lógica, porém com códigos diferentes, veja:




Classes de Temperatura

Quando um equipamento é exposto a temperaturas em áreas classificadas com gases e vapores inflamáveis, os equipamentos elétricos recebem marcação de acordo com sua temperatura máxima de superfície. Esta marcação serve para garantir que o equipamento fique abaixo da temperatura de autoignição, que é a temperatura mínima necessária para uma substância inflamável em forma de gás ou poeira inflamar.



Índice de Proteção

O índice de proteção, conhecido como IP, indica a proteção do invólucro* de um equipamento elétrico contra líquidos ou micropartículas. Os dois dígitos que acompanham a sigla “IP” demonstram com exatidão seu nível de proteção.


*Invólucro do equipamento são as paredes que envolvem os componentes do mesmo, incluindo portas, tampas, etc.



Tipos de Proteção

A instalação de equipamentos elétricos em atmosferas explosivas é feita levando em consideração o tipo de proteção do item em si. Como vimos anteriormente, existem muitas possibilidades de atmosferas explosivas e nem sempre precisamos de uma proteção à prova de explosão para um ambiente que possua um risco iminente.


A adequação da área com estes equipamentos elétricos visa eliminar o risco de explosões e incêndios ocasionado em áreas com atmosferas explosivas.


Todo equipamento para áreas classificadas possui classificação Ex (atmosfera explosiva), para indicar com área classificada está apto para ser instalado.



Indústrias mais relevantes

Quando vemos a importância da adequação de áreas classificadas, fica difícil imaginar que grandes empresas ignoram este fato. Isso ocorre, muitas vezes, pela falta de conhecimento sobre o assunto, ou por achar que simplesmente por não trabalharem com gases inflamáveis que são os mais óbvios de causarem um acidente, estão isentos da responsabilidade.


Abaixo há uma lista das principais indústrias que mais costumam possuir áreas classificadas, para atentar a todos sobre o risco presente no ambiente antes que o mesmo receba uma multa por não cumprir as exigências ou aconteça algo muito pior.


Os processos de fabricação mais comuns que envolvem atmosferas explosivas, envolvem:


Gases ou Vapores Explosivos

Refinarias de Petróleo

Fábricas de Produtos Químicos

Cabines de Pintura

Estações de Tratamento de Esgotos

Oxigênio e Acetileno

Hangar Para Avião

Instalações de Gnl

Cais Para Navios de Petróleo e Gnl

Fabricantes de Tintas

Destiladoras

Armários de Laboratório E Fumaça


Poeiras ou Fibras Explosivas


Fabricação de Alimentos

Manuseio e Armazenamento de Grãos

Produtos Químicos / Fertilizantes

Plásticos

Madeira / Celulose / Papel

Leite em Pó

Moinhos de Farinha

Produtos Farmacêuticos

Processamento de Metal

Operações de Reciclagem

Fabricação de Fibra De Vidro


Marcação de Equipamentos Ex

A NBR IEC 60079 impõe que todos os equipamentos Ex para atmosferas explosivas necessitam de uma marcação contendo todas as características aplicáveis.



Fonte: https://aprovadeexplosao.com.br/areas-classificadas?gclid=CjwKCAjwkJj6BRA-EiwA0ZVPVtctgXZlplFkYWTcoPCWbcJk6AMUJloutaPmq14OL62k1T5xXinR-xoCS1QQAvD_BwE


Conheça a linha de válvulas hidráulicas Explosion Proof da Argo-Hytos. A Manx comercializa e recomenda sistemas ATEX Argo-Hytos.


17 visualizações

© 2019 por MANX Hydraulics.